Água Alcalina: O que é? Quais os benefícios? Como ter acesso?


Cada vez que você toma água pode estar consumindo algo que não faz tão bem quanto você imagina. Muitas fontes de água têm sido contaminadas por diversos fatores como o desenvolvimento das cidades, poluição, falta de saneamento, entre outros.


Dados do Serviço Geológico do Brasil indicam que 65% das internações são causadas por água contaminada.


Porém, mesmo sendo tratada por órgãos competentes, ela não fica ainda ideal para o consumo, ela precisa passar por tratamentos adicionais para ficar perfeita. Caso isso não ocorra, ela pode facilitar o desenvolvimento de doenças que poderiam ser evitadas com algumas intervenções.


A boa notícia é que hoje está muito fácil ter acesso à essa água de qualidade superior, que tem todas as características ideais para auxiliar você a alcançar uma longevidade saudável. Descubra, hoje, uma forma de mudar de vida com a água com poder alcalinizante.


As Melhores Águas do Mundo


Segundo estudos do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) a expectativa de vida média do brasileiro é de 75 anos, em alguns estados essa estimativa pode ser ainda menor. Mas, você sabia que existem lugares no mundo onde a expectativa média é de pelo menos 15 a 20 por cento a mais? Em regiões específicas do planeta temos diversos indivíduos que, inclusive, passam dos cem anos em uma proporção muito maior do que o restante do mundo. Habitantes de lugares como Okinawa, no Japão, Himalaia, no Paquistão, Sardenha, na Itália e Abkhasia, na Georgia, são exemplos de longevidade saudável. Além de viverem mais essas pessoas têm uma qualidade de vida melhor, muito melhor.


Mas, qual é o segredo? O que elas têm em comum?


Primeiramente, os habitantes desses locais têm uma rotina saudável, com uma alimentação rica em frutas, legumes e peixes, além de praticarem exercícios físicos e terem baixa exposição a situações que possam afetar negativamente sua saúde.


Além de todas essas características em comum, há um fator primordial para a longevidade dessas pessoas. Elas vivem em locais que têm acesso à uma água ‘especial’; a água alcalina ionizada. A água que esses povos consomem tem um pH superior à 8 e isso é um dos fatores primordiais para a manutenção da qualidade de vida deles. Afinal, esse tipo de água traz inúmeros benefícios à saúde, ajuda na prevenção de doenças, auxilia, também, no tratamento delas, além de mantê-los hidratados com muito mais qualidade.


Embora os habitantes desses locais sejam privilegiados, eles não são os únicos que podem ter acesso à essa água perfeita. Hoje, existem purificadores residenciais que simulam os processos naturais de filtragem, mineralização e alcalinização, entregando uma água tão perfeita quanto às encontradas nos recantos mais intocados do planeta. É uma tendência mundial, cada vez mais crescente, fazer o tratamento da água pessoalmente, afinal, a água chega em nossa casa pré-tratada, mas precisa de mais processos para atingir a perfeição. Um exemplo disso é o cloro, substância essencial no tratamento público dado à água, mas que precisa ser retirado antes do consumo humano.


Quer poder beber a mesma água destes locais? Clique Aqui e descubra como!


Água Alcalina Ionizada - A Água Perfeita para a Saúde



Como já falado acima, não basta a água ser tratada, ela precisa ser perfeita para o consumo. Para que se possa alcançar essa perfeição a água precisa atender algumas características especiais.


pH Alcalino


As substâncias podem ser classificadas em três categorias: ácidas, neutras e alcalinas. Essa categorização é feita por meio de uma medida de pH. Ela é uma escala que vai do número 0 ao 14, sendo que o valor 7 é considerado neutro, tudo que estiver abaixo deste valor é considerado ácido, assim como tudo que está acima é considerado alcalino. A água, em geral, tem o ph neutro, ou seja, 7. Um refrigerante, por exemplo, é mais ácido, tendo um pH de, em média, 2,5. Não parece uma diferença muito grande, mas a escala de pH é logarítmica, o que quer dizer que ela aumenta em forma de multiplicação.


Substâncias alcalinas são, a grosso modo, o oposto de substâncias ácidas. Sua escala, também, é logarítmica, ou seja, cada nível acima é dez vezes mais alcalino que o anterior. Estudos apontam como a ingestão de alimentos ácidos faz mal à saúde, facilita a proliferação de doenças e prejudica gravemente diversas funções do organismo. O consumo de alimentos ácidos deve ser evitado ao máximo, procurando sempre consumir alimentos que possuam o pH acima de 7, ou seja, alcalinos.


Quando nascemos somos, primordialmente, alcalinos e, à medida que envelhecemos, nos tornamos cada vez mais ácidos. Essa transição é um dos fatores primordiais para que, com a idade avançada, sejamos mais propensos à doenças como diabetes, hipertensão, problemas gástricos e, até mesmo, câncer. Por esse motivo cada vez mais médicos indicam e recomendam dietas alcalinas.


Nosso sangue é levemente alcalino, ficando entre 7,35 e 7,45, e seu corpo fará tudo para que ele se mantenha nesse patamar. Todas as vezes que seu corpo está acidificando ele busca meios de se alcalinizar. Uma das principais formas para atingir a alcalinidade é por meio de magnésio e cálcio, minerais alcalinizantes, e você sabe onde seu corpo vai encontrar esses itens? Isso mesmo, nos seus ossos. Ele retira esses minerais para realizar a compensação e isso facilita problemas como osteoporose, artrose e outras.


As doenças precisam, em geral, de um meio ácido para se manterem e propagarem, por esse motivo uma dieta acidificante é tão prejudicial. O consumo da água alcalina ajuda a reequilibrar essa desordem, fazendo uma espécie de limpeza para que esses males não possam ficar instalados em seu corpo.


Saber o pH da água é obrigatório para que você tenha uma saúde perfeita, mas como podemos saber qual é o nível do pH água que consumimos? A maioria das pessoas imagina que precisa de testes laboratoriais complexos para saber o nível do pH, mas você sabia que pode fazer o teste em poucos segundos aí mesmo na sua casa? Para isso você só precisa de um reagente de pH, um líquido que reage ao contato com a água modificando a cor, quanto mais perto do vermelho mais ácida está a água e quanto mais próxima ao azul escuro mais alcalina. A água com pH neutro é visualizada na tonalidade verde.


Quer fazer a medição na sua casa?